Como investir em criptoativos? Resenha Completa

O mundo digital está tomando cada vez mais espaço na vida da sociedade e isso é um caminho sem volta. Com mais frequência, o espaço virtual é utilizado para relacionamentos, troca de informações e atualmente, com mais força, transações.

Com isto, operações financeiras digitais é uma realidade que está se tornando comum no dia-a-dia. Dentro desse universo, os criptoativos se destacam, principalmente entre os investidores da faixa etária dos jovens.

Basicamente, entende-se por criptoativo qualquer transação feita de maneira digital, com a utilização criptografia e o registro dessas transações a partir de distribuições entre várias máquinas (computadores).

O tipo mais famoso de criptoativo são as criptomoedas, moedas que são totalmente digitais e livres do controle de um órgão tradicional e centralizado, como o banco central de um país, por exemplo.

A bitcoin é a criptomoeda mais famosa do mundo e também a mais valorizada. Essa moeda digital foi a primeira a ser criada, porém, existem várias outras, como Ethereum, Cardano e uma infinidade mais.

É importante ter em mente que todas as criptomoedas são uma categoria de criptoativo, porém o contrário não se aplica! Qualquer coisa negociada virtualmente utilizando a tecnologia de blockchain é um criptoativo.

Como investir em criptoativos

Como investir em criptoativos

Como toda categoria de mercado, investir em criptoativos tem suas vantagens, porém também riscos. É preciso entender as tendências por trás dessa nova modalidade de economia digital antes de entrar nesse mundo.

Geralmente, o investimento em criptoativos se dá comprando criptomoedas. Existem vários riscos nessa ação, pois as moedas digitais são conhecidas por sua volatilidade.

Isto quer dizer que, durante um certo período, determinada criptomoeda vale uma certa quantia. De uma maneira rápida, aquela moeda pode ser valorizada ou desvalorizada.

Não há regras sobre isso. Você pode receber um grande retorno por investir em criptomoedas, mas também ter alguns prejuízos caso a moeda se desvalorize.

Um exemplo bem comum é o da bitcoin: uma fala recente de poderosos do ramo da tecnologia fez o valor da moeda ser desvalorizado facilmente. O contrário também ocorre, pois, essas moedas, como já dito, são bastante voláteis.

Tenha sempre um capital base para começar a investir em criptoativos. Tenha uma reserva, para ter um escape em eventuais baixas nesse mercado.

Procure uma Exchange (ou corretora de criptoativos) para começar a investir nestes ativos digitais. Lá, você encontrará informações sobre como agir melhor, a hora certa de investir, as tendências e todo o aparato necessário para investir.

Estude também todos os termos usados dentro desse mundo digital de investimentos. O mesmo acontece para quem deseja investir em uma bolsa de valores: é necessário muito estudo para não cometer erros.

Como investir em criptoativos

Cuidado com a regulamentação das transações de criptoativos

Para evitar que pessoas de má-fé usem o poder e os benefícios das transações no mundo digital e acabem sonegando impostos e desviando recursos, o governo federal brasileiro instituiu uma norma regulamentadora para essas operações financeiras.

É preciso prestar contas de todo a categoria de transação envolvendo criptoativos no Centro Virtual de Atendimento (e-CAC), caso contrário, é possível pagar uma multa se não houver prestação de contas.

 

Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published.